0

Estratégias Competitivas de Porter - Exemplo Prático

Posted by Matheus Cappella on 18:50 in ,






Foi comprovado pela análise da Matriz Importância X Desempenho que os dois principais concorrentes da empresa Loja de Bicicleta atuam em classes sociais diferentes. Enquanto a Empresa X atinge as classes A, B e C, a Empresa Y foca nas classes C, D e E. A Loja Bicicleta não tem um foco definido e não consegue atender com eficácia nenhuma das classes sociais.

Em virtude dessa realidade, foi elaborada uma proposta diferente com base nas Estratégias competitivas Genéricas de Porter que será explicado a seguir:

A proposta inicial de Porter engloba a escolha de algum alvo estratégico (Diferenciação, Liderança em Custo ou Foco) para ter uma vantagem competitiva como foi explicado na revisão de literatura deste projeto.

Porém, para a Loja de Bicicleta faremos um mix dos três setores:




A proposta foi elaborada para diversificar a estratégia e criar um esquema próprio que englobe um pouco das três abordagens analisadas na foto acima. Como foi visto, a falta de profissionalização da empresa que é uma das principais características negativas de uma empresa familiar, é um dos seus principais problemas. Portanto, segue um esquema próprio de organização:

  • Diferenciação: Com a finalidade de criar diferenciais para o consumidor, a empresa deverá investir na área de assistência técnica. E também, pelas inúmeras maneiras de montar uma bicicleta, investir na montagem de bicicletas baratas mais exclusivas utilizando materiais diferenciados como:

  1. Pneus coloridos.
  2. Kit com aros, freios e cubos coloridos.
  3. Mix de modelos de bicicletas.

  • Custo: Ampliação do volume e diminuição significativa do preço de materiais base da loja, como câmara de ar aro 26 pneu básico aro 26, bicicleta básica aro 26 e relação de moto mais vendida. Essa estratégia tem como finalidade atrair novos clientes para que produtos complementares sejam oferecidos.

  • Foco: Focar parcialmente em um público mais exclusivo como a população das classes A, B e C. Desenvolver uma estratégia de relacionamento comum em empresas que se relacionam com muitos clientes. Utilização de softwares para facilitar o contato, e tornar as relações um pouco menos superficiais através do uso de softwares CRM - Customer Relationship Management que proporcionam o monitoramento dos seus clientes a manutenção do foco sobre suas ações.




Fonte: www.totalqualidade.com.br




0 Comments

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © 2009 Café com Empreendedor All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.