0

Gerador de Energia Elétrica Comercial e Residencial - Bloom Energy

Posted by Vitor Melo de Castro on 17:08 in , ,





   A empresa emergente norte-americana Bloom Energy apresentou ao mercado uma célula a combustível  alimentada a gás natural ou biogás com potencial para transformar a geração de energia, eventualmente criando microusinas nas empresas e, futuramente, até mesmo em residências.

   Imagina você gerar energia na sua própria casa? Com esse equipamento além de gerar, o excedente pode ser armazenado, e posteriormente vendido.




Células a biocombustível, como funciona?

    A tecnologia é extremamente promissora: usando biocombustíveis, gás natural, ou mesmo Hidrogênio, elas geram energia elétrica produzindo apenas água como subproduto.

Célula a combustível para fins comerciais.

    A Bloom Energy revelou que várias empresas, entre elas o Google e o site eBay já vêm testando seus protótipos desde 2008.
A célula a combustível tem o tamanho de um contêiner e pode gerar até 100 kilowatts de energia continuamente. Ao contrário de outras fontes renováveis, como a energia solar e a energia eólica, as células a combustível podem trabalhar 24 horas por dia, sete dias por semana. E seu único subproduto é água, sem nenhum outro poluente.

E o preço???

    Dezenas de empresas ao redor do mundo trabalham no aprimoramento da tecnologia, na tentativa de criar versões economicamente viáveis. Contudo, além de vários empecilhos técnicos, as células a combustível continuam sendo caras demais.
    O gerador agora apresentado, batizado de Bloom Box, por exemplo, custa US$800.000,00, eventualmente viável para grandes empresas, principalmente para substituição dos geradores a diesel de back-up, mas ainda muito distante da promessa de um gerador caseiro, capaz de deixar as residências autossuficientes em termos de eletricidade.
    Sridhar falou em células a combustível do tamanho de um tijolo, custando US$3.000,00, dentro de 10 anos. Ao custo atual, a empresa afirma que seus clientes recuperarão o investimento em um período de 3 a 5 anos, levando em conta a economia de energia e a diminuição das pegadas de carbono.

Obsolescência e temperatura

    O tempo será certamente muito importante para a Bloom Energy. As células a combustível funcionam em temperaturas muito elevadas - as do tipo da Bloom Box chegam a 800º C - e ainda não é possível estimar qual será a durabilidade do equipamento.

Analistas afirmam que 10 anos de vida útil pode ser uma boa marca para o mercado, mas eventualmente a tecnologia poderá não alcançar isto.
O Bloom Box é uma célula a combustível do tipo sólido, ou SOFC na sigla em inglês (solid oxide fuel cell).

Ao contrário das células a combustível a hidrogênio, que ganharam muita propaganda e bilhões de dólares em recursos na era do presidente George W. Bush, as SOFC não utilizam catalisadores de metais preciosos, o que ajudou a diminuir os seus custos. O material usado é cerâmico, cuja composição exata é um segredo guardado a sete chaves pela empresa.

Ao contrário dos motores a combustão dos automóveis, que queimam o combustível, a célula a combustível transforma o gás natural, ou diversos biogases, em eletricidade por meio de um processo eletroquímico, usando o oxigênio da atmosfera.





Fonte: www.bloomenergy.com, inovacaotecnologica.com.br


0 Comments

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © 2009 Café com Empreendedor All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.