0

5 idéias para empreendedores






    As 5 sugestões que seguem neste post foram baseadas em uma mesa redonda de uma conferência que aconteceu na Stanford Graduate School of Business, em 2007,mediada e palestrada pelo professor GROUNSBECK, Irv.

1. Siga a regra de ouro para os patrões: "Está tudo bem se eu não disser o contrário"

    Isso significa que não há mensagens não ditas. Se você tem algo a dizer a um empregado, diga a ele ou a ela diretamente.

    Este foi um tema difícil, pelo menos, para um dos empresários da mesa. Quando ele assumiu a empresa em crise, há quatro anos, ele contratou os executivos que se destacaram em espremer cada centavo. Eles ajudaram a orientar a empresa para fora de perigo, mas eles não têm as habilidades necessárias para levar a empresa adiante.

    Ele não sabe como dizer isso a eles, e desde então tem evitado isso.

  Seja franco com eles, Grousbeck disse. Ajudá-los a entender as necessidades de mudança da empresa durante discussões freqüentes ao longo dos próximos dois a quatro meses. Seja justo e financeiramente generoso, e recrute novos executivos no mesmo período.

2. Trabalhe com os empregados antes de demiti-los

    Se uma de suas pessoas não está dando conta, coloque-a na lista de observação. Explique que você quer ajudá-la a ter sucesso, mas que o caminho atual não está levando a um lugar bom. Acompanhe essa pessoa a cada duas semanas por cerca de dois meses, e em cada reunião reveja o progresso do empregado. Faça uma lista do que você discutiu e deixe que o empregado assine. Após alguns meses, você terá um registro de melhoria, ou uma história documentada por problemas de desempenho.

   "Três em cada quatro [vezes] eu falho" para reabilitar o empregado, Grousbeck disse. Mas "quatro em quatro, eu tentei realmente ajudá-lo. Tirei toda a possibilidade de uma ação judicial por demissão injusta. E geralmente é um alívio. Quem quer se levantar e ir para o trabalho de manhã, quando você mesmo não está conseguindo?"

3. Nunca economize na verificação de antecedentes

    Fale com o chefe de um candidato de 10 anos atrás, seu professor de terceiro grau, um antigo vizinho, alguém em posição de dizer a verdade sobre um candidato, Grousbeck disse. Diga ao candidato que vai estar cavando, e convide-o a fazer o mesmo para você e sua empresa.

4. Pague mais por um potencial empregado

    Jogadores B são contribuidores sólidos, mas eles não são tão eficazes em posições-chave. "Eles são soldados em uma equipe dirigida por um dos jogadores", disse Grousbeck. Ele acredita que é melhor pagar 30 por cento a mais para o candidato-chave, ou seja, para o “jogador A”.

5. Use headhunters ,“Caçadores de cabeças”, mas cuidado com a regra não escrita


    Os Headhunters geralmente não contratam de empresas em que eles recentemente colocaram pessoas. Pergunte aos headhunters em que empresas eles trabalharam. Você pode encontrar uma piscina enorme de bons candidatos.




Fonte:http://www.gsb.stanford.edu/news/headlines/entrep_firing.shtml

0 Comments

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Copyright © 2009 Café com Empreendedor All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.